Escolha uma Página

A internet da coisas (IoT), cujo entendimento ainda é negligenciado pela maioria das pessoas, vai subverter completamente a forma como trabalhamos o marketing.

Hoje somos nós, empresas e agências, que buscam e coordenam os canais que atingem nossos clientes e consumidores. A internet das coisas inverte esse processo. Não teremos mais controles dos canais e o consumidor estará cercado por centenas e milhares de objetos conectados à internet, conversando e interferindo em seu cotidiano e decisões a cada minuto.

Haverá um crescimento exponencial dos pontos de contato das pessoas com as comunidades, com as empresas e no acesso a conteúdo, nas mais diferentes formas. A liderança da relação será do consumidor e não mais das marcas.

Qualquer coisa poderá ser um ponto de interação com o consumidor. Por outro lado, a produção de dados e informações sobre os consumidores será enorme, gerando um enorme potencial de conhecimento sem precedentes dos clientes consumidores.

Os desafios colocados pelo marketing IoT são incrivelmente complexos, porém as oportunidades também são enormes. Como integrar, aprender, interagir e construir relacionamentos num ambiente cujas variáveis tendem ao infinito?

Mauro Segura